Saiba como cuidar da Zamioculca e como fazer mudas!

0

A Zamioculca, planta de nome científico Zamioculcas Zamiifolia, é famosa pela sua resiliência e vida útil longa. Ela se adapta bem a ambientes com pouca luz solar, ar condicionado ou aquecimento.

Por isso, ela é uma escolha certeira para os esquecidinhos de plantão ou, então, para aquelas pessoas que não tem tempo, que não ficam muito em casa ou as que não tem muitas habilidades com o plantio. Charmosa, com folhas verdes brilhantes e coloração forte, a zamioculca pode ser plantada em vasos ou jardins. Descubra em nosso artigo como cultivar, regar e fazer mudas de maneira fácil e prática. 

 O que é a Zamioculca e qual sua origem?

Nativa da Região da África Oriental, como Zanzibar, Tanzânia e Quênia, a Zamioculca é uma planta de pequeno porte, que não costuma ultrapassar 1 metro e pertence à família Araceae. Embora não seja da família da cactácea ou crassulaceae, ainda é considerada uma planta suculenta.

 O que é a Zamioculca e qual sua origem?
Fonte/Reprodução: original.

Ela cresce em ambientes tropicais com temperaturas moderadas e solo drenado, como embaixo de árvores, protegida da luz solar e do vento. A Zamioculca tem a capacidade de armazenar e criar um reservatório de água em sua raiz, caule e folhas.

Qual tipo de ambiente indicado para a Zamioculca?

A zamioculca é uma planta que se desenvolve melhor em ambientes de meia sombra. É versátil e pode se adaptar a diferentes locais – inclusive com ar condicionado e aquecimento, desde que não haja luz solar intensa. 

Se optar por colocar em varandas e ambientes externos, cuide para que a sua zamioculca não fique exposta ao sol extremo, chuva excessiva ou ventos fortes. Caso necessário, modifique o ambiente durante o passar do dia.

Como cuidar da Zamioculca?

Popular por sua resistência e baixa manutenção, a zamioculca tem uma grande procura na hora de harmonizar ambientes. Ainda, muitos a procuram por não necessitar de tantos cuidados ou manutenção, como as demais plantas.

No entanto, mesmo assim, para ajudar a mantê-la uma planta saudável e bonita, alguns cuidados básicos são necessários. Diante disso, os principais cuidados para manter a Zamioculca saudável são:

Luminosidade

É necessário ter atenção à luz do sol extremo, pois isso pode queimar suas folhas e deixar elas amareladas. Assim como em seu local de origem em que ela cresce protegida embaixo da copa das árvores, em sua residência ou local de trabalho, deixe-as em locais com luz difusa e indireta. 

Por causa da sua fácil adaptação a ambientes de meia luz, a zamioculca é a queridinha na arte de ornamentar lugares escuros e pequenos, escritórios fechados ou varandas com pouca luz solar.

Rega

A quantidade de rega não pode ser demasiada, pois sua raiz encharcada pode apodrecer. Para regiões mais quentes, deve-se regar de duas a três vezes na semana. Em locais frios, uma vez já é o suficiente. 

Cuidado com a rega com regador ou mangueira, pois ela não aprecia água de maneira excessiva em seu solo e isso pode ser fatal. Uma dica para saber se o solo está com muita água é colocar o dedo na terra e ver se sai molhado.

Solo, substrato e adubação

O solo da zamioculca tem que ter uma boa drenagem. Isso é perceptível na hora da rega. A água precisa ser absorvida em dois segundos. Para isso, plantas cultivadas em vaso precisam de substrato que drenem bem na hora da rega

Você pode achar um substrato pronto para comprar ou fazer um mix de terra vegetal, adubo orgânico e areia, na proporção de 1:1:1. Na parte de baixo do vaso, uma opção é utilizar uma manta, argila expandida ou pedrinhas. Outra dica é usar carvão para deixar o solo mais drenável, sem a perda de nutrientes do solo ou da adubação. 

Qual o tipo de vaso usar na Zamioculca?

Os melhores vasos para escoar a água da Zamioculca são os vasos de plástico, cerâmica ou fibra natural. O recomendado é que o vaso seja de duas a três vezes maior que a muda, para que ela cresça saudável e exuberante. Vale lembrar que todo vaso precisa de ter furos embaixo para que a água seja drenada com facilidade e sua raiz não apodreça. 

Na hora de escolher o vaso, leve em consideração alguns pontos como, qual vai harmonizar melhor no ambiente escolhido, as cores que combinam, o peso do material caso mudar o local da planta com frequência seja necessário. 

Como fazer mudas da Zamioculca e quais cuidados tomar?

Fazer mudas de zamioculcas é muito fácil! Você vai precisar pegar um galho da planta adulta e saudável. Em seguida, corte as folhas do galho e coloque-as em um vaso com substrato com o cabo virado para baixo, na profundidade de 5cm de terra. O processo a partir de então é mais lento. Ela vai, com o passar do tempo, criar  raízes e folhinhas. Mantenha o vaso em um ambiente à meia sombra e molhe sempre que a terra estiver seca. 

Quando você perceber que as mudas estão firmes e com várias folhas abertas, é hora de transplantá-las para vasos individuais. Assim elas não disputam pelos mesmos nutrientes e tem espaço para um crescimento mais saudável.

Você pode também fazer mudas na água. Para isso você vai cortar a haste da zamioculca próximo ao substrato e colocar num recipiente com água em um local iluminado. Com o tempo, ela vai soltar as raízes e você pode plantar em um novo vaso.

Se você mora em um apartamento pequeno ou não tem muito jeito com plantas, a zamioculca pode ser uma ótima opção para trazer um pouco de natureza e harmonia para sua casa. Transforme seu espaço e descubra o poder de ter plantas em casa com elegância e sustentabilidade!

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy