Conheça a Lagrima-de-cristo e saiba como cuidar

0

Você já ouviu falar na planta chamada de Lagrima-de-cristo? Caso não, então veio ao lugar certo para conhecer esta belíssima planta que serve como uma excelente forma de decorar a sua casa.

Saiba tudo sobre a Lagrima-de-cristo, de onde esta planta é originada, quais são suas características e tipos. E caso tenha interesse em adquirir uma, explicaremos para você os cuidados necessários para se ter com ela.

O que é a Lagrima-de-cristo e qual sua origem?

A Lagrima-de-cristo, ou conhecida cientificamente como Clerodendrum thomsonae é uma planta originária das regiões tropicais da África Ocidental, nas regiões dos países de Camarões e na parte oeste do Senegal.

O que é a Lagrima-de-cristo e qual sua origem?
Fonte/Reprodução: original.

Ela se trata de uma planta trepadeira (liana perene), que pode chegar a uma altura de até 4 metros. Entre suas características estão suas folhas que variam entre o formato oval ou alongado e suas flores, que na maioria das vezes são brancas com a região central na cor vermelha, o que faz da Lagrima-de-cristo uma planta bastante procurada para decoração.

Devido à bela estética que as flores da Lagrima-de-cristo possuem, esta planta possui um grande valor ornamental para decorações de casa e formas de paisagismo, como em colunas de varandas e até mesmo cercas vivas.

Como cuidar da Lagrima-de-cristo? Passo a passo

Um forte fator que contribui para que a Lagrima-de-cristo seja uma excelente planta para decorações é a sua facilidade para ser cultivada por ser uma planta que se adapta facilmente ao clima de qualquer região do país, além de não ser muito exigente para ser cuidada.

Se você ficou interessado em adicionar a Lagrima-de-cristo na decoração de sua casa, explicaremos a seguir como cuidar desta planta, como sua regagem, adubação e iluminação necessárias.

Regando a planta

A regagem da Lágrima-de cristo deve ser feita de forma intensa e abundante quando o solo em que ela está plantada esteja seco. Já no período de inverno é recomendado que se diminua a quantidade de água, pois o clima já mantém a planta mais úmida.

É indicado também que durante os três primeiros meses após o plantio, ela seja regada 4 vezes por semana. Após este período, o número de regas pode ser reduzido para 2 vezes por semana.

Adubo

A adubação também é um processo importante para o cuidado e crescimento saudável da Lagrima-de-cristo. A planta pode receber adubo em um período entre 3 a 4 meses, podendo ser feito com adubo orgânico. O humus de minhoca é uma ótima opção, ou algum adubo industrial.

Porém, vale a pena lembrar que para realizar o processo de adubagem, deve ser seguida as instruções dadas pelo fabricante do adubo, pois este é um processo que requer bastante atenção na hora de cuidar da planta.

Iluminação

Por se tratar de uma planta trepadeira, a Lagrima-de-cristo se adapta melhor em locais abertos, além dela precisar de bastante luz solar para seu desenvolvimento. Um excelente local para esta planta, é uma área que recebe luz solar diretamente até o horário do meio-dia ou até o período das 15h.

A planta também pode ser cultivada em áreas de meia-sombra, porém, é interessante dizer que quanto mais luz solar a Lagrima-de-cristo receber, mais vibrantes serão as cores de suas flores.

Solo indicado

Como já foi mencionado anteriormente, a Lagrima-de-cristo é uma planta que consegue se adaptar facilmente em qualquer tipo de solo, no entanto, alguns tipos são preferenciais para o plantio dela.

A planta possui uma facilidade maior de cultivo em solos que possuem alto valor de matéria orgânica e alta drenagem. Ela também pode ser plantada em solos mais arenosos e que possuam composições feitas com folhas secas.

Mudas

No caso de você estar planejando multiplicar a planta para aumentar a sua decoração com ela, é possível gerar mudas através da germinação de sementes ou através do uso de estacas.

O processo de estacas é o mais recomendado a ser feito pelo fato das mudas pegarem mais fácil. Nele é necessário cortar galhos com o tamanho de aproximadamente 15 cm e colocá-lo na terra para enraizar. Uma dica para estimular o enraizamento dos galhos é colocá-los primeiro na água.

Floração

Chegamos ao motivo que faz a Lagrima-de-cristo ser uma excelente planta decorativa: suas flores. O processo de floração da planta acontece durante o período das estações de primavera e verão.

Não existe uma dica para que ela floresça mais rápido, portanto, deve-se esperar o período, que varia de planta para planta, porém cuidados já mencionados como uma boa adubação, solo rico em nutrientes e deixá-la mais exposta ao sol, fazem com que as flores da Lagrima-de-cristo cresçam mais saudáveis e bonitas.

‌Quais os tipos de Lagrima-de-cristo?

A família de plantas da Lagrima-de-cristo, a Lamiaceae, conta com cerca de 150 espécies diferentes de plantas, cada uma com suas características próprias de flores e folhas. Abaixo, listamos quatro tipos de Lagrima-de-cristo com uma breve descrição de cada uma delas.

  • Clerodendrum thomsonae: O tipo mais cultivado aqui no Brasil, esta é a variação em que as flores mesclam as cores brancas e vermelhas, porém ela pode ser encontrada nas cores que combinam rosa e vinho. Sua floração acontece no verão e início do outono;
  • Clerodendrum splendens: Esta variação possui um tom de vermelho mais vibrante e folhas de cor verde escura e é entre elas a que possui o maior valor para decoração. Floresce durante a primavera;
  • Clerodendrum quadriloculare: Também chamada de “Clerodendrum cotonete”, este é um tipo nativo da região das Filipinas e diferente das outras, possui um formato de arbusto com flores elípticas. Ela floresce na estação da primavera;
  • Clerodendrum paniculatum: Entre as quatro, este é o tipo que mais floresce, com seu período de floração iniciando no verão e indo até o outono. Suas flores nascem em cachos, nas cores vermelha e laranja, que crescem de forma ereta.

Essas são apenas algumas espécies de Lagrima-de-cristo mais comuns no uso de decorações de jardim e arranjos decorativos. Porém, como foi dito, existem centenas de outras espécies desta família de plantas que podem ser utilizadas para decoração.

Agora, sim, você está por dentro das principais informações sobre a Lagrima-de-cristo e dos cuidados necessários para cuidar desta planta caso esteja interessado em adquiri-la para a sua decoração. Para mais informações sobre cuidados e decorações com plantas, continue aqui no Vaso de planta.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy