Dicas para comprar suculentas e não se arrepender

0

Cada vez mais pessoas compram suculentas, e não é para menos: comparadas a outras plantas, as suculentas são fáceis de cuidar, são menores, além de serem plantas muito bonitas. 

No entanto, antes de comprar suculentas, é importante ter algumas coisas em mente, para que você não se arrependa da sua compra. 

Entretanto, apesar dessas vantagens, muitas pessoas não sabem como escolher suculentas, o que pode fazer com que comprem plantas já doentes ou mesmo plantas diferentes do que elas desejavam. Vejamos agora algumas dicas de como escolher as suas suculentas.

Como escolher e comprar suculentas sem se arrepender?

Antes de comprar suculentas, é preciso saber como comprar suculentas. Há muitos fatores que influenciam no preço de uma suculenta e também na sua qualidade. Você precisa analisar com atenção cada variável para poder escolher a melhor, mais bonita e mais em conta suculenta para o seu arranjo. Olhe tudo, desde o vaso até à terra e as folhas para garantir não haver pragas na sua querida planta.

Como escolher e comprar suculentas sem se arrepender?
Como escolher e comprar suculentas. Fonte/Reprodução: original.

Não esqueça também de verificar que tipo de suculenta você está levando! Diferentes espécies se adaptam a diferentes meios. Algumas precisam ficar no calor e serem regadas com constância, outras preferem ficar em casa sendo regadas com menos frequência, enfim, há muitas coisas a serem consideradas, portanto, não se esqueça de pesquisar e escolher bem.

O que pode influenciar nos preços?

Como mencionado anteriormente, há uma série de fatores que podem influenciar os preços da suculenta. O vaso, o tamanho da suculenta, a raridade da espécie, o estado da planta, etc. 

Analise tudo com cuidado para não acabar comprando uma planta doente que logo irá morrer, ou para não acabar pagando mais caro em uma planta que não vale muito, então muito cuidado na hora de ir comprar suculentas.

Cactos são suculentas, porque podem variar no valor?

Isso acontece por os cactos serem plantas de crescimento lento, além de poder-se fazer mudas com eles, o que faz com que o valor do cacto flutue um pouco (geralmente, flutuando para mais caro). Além disso, nem todos os cactos têm espinhos, e isso também pode gerar uma variação nos valores dos cactos.

Quais os sinais que a suculenta não está bem?

Como mostramos anteriormente no texto, é necessária muita atenção na hora de comprar suculentas para não acabar levando gato por lebre. Muitos locais vendem plantas que já estão doentes, seja por falta de atenção, seja por má-fé.

Alguns dos sinais de que a suculenta está doente são folhas moles, opacas, de aspecto caído e sem vida. Crescimento interrompido (ou, no caso de suculentas que preferem o Sol, crescimento excessivo) também pode ser um sinal de que a sua suculenta está passando por mal bocados e deve você intervenha de alguma maneira.

O que fazer após escolher e comprar as suculentas?

Após comprar suculentas, há algumas medidas que você deve tomar para garantir o bem-estar e a sobrevivência da sua planta. Vejamos quais são essas medidas a seguir.

Replantio

Após comprar a sua suculenta, é interessante que você troque ela de vaso, de preferência, para um vaso maior, visto que suculentas tendem a se adaptar ao vaso onde estão plantadas. Além disso, dê preferência a vasos de barro, pois sua maior porosidade favorece a planta.

Lugar adequado

Se você seguiu nossas dicas, então pesquisou bem sobre o tipo de suculenta que você adquiriu. Caso sua suculenta seja o tipo que prefere ficar na sombra, então deixe-a em algum cômodo da casa que não recebe luz do sol diretamente, arejado e fresco.

Lugar adequado
Lugar adequado. Fonte/Reprodução: original.

Caso sua suculenta prefira o Sol, deixe-a em algum local onde ela possa receber a luz do Sol diariamente, preferencialmente o sol da manhã.

Além disso, evite deixá-las em locais onde elas possam cair ou serem derrubadas. Firme-as bem e mantenha-as seguras.

Regar

A maioria das suculentas precisa ser regada apenas uma vez por semana com cerca de meio copo d’água. Entretanto, algumas precisam ser regadas com ainda menos frequência, sendo uma vez a cada quinze ou vinte dias mais do que o suficiente. Lembre-se também de deixar a água escoar para que sua suculenta não fique encharcada e apodreça.

Esperamos que com essas dicas você possa estar mais seguro na hora de comprar suculentas, e que possa decidir com inteligência quais plantas levar e como cuidar delas.

Leave A Reply

Your email address will not be published.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More

Privacy & Cookies Policy